Notícias

CCD Gaia levou brinquedos repletos de Esperança

Crianças institucionalizadas

13 de janeiro de 2015
Em qualquer berço de país longínquo ou religião com oráculo, cada menino nascido é um rei e cada menina nascida é uma rainha, são merecedores de ofertas e nos remetem para a epifania do Natal.
No batismo, cada cristão recebe a missão de ser sacerdote, profeta e rei. Missão que aos nossos olhos pode parecer impossível de realizar, sobretudo quando é vertida num ser vulnerável e minúsculo mas, ainda assim, bem real.

O significado desta tripla missão é bem claro: todo o Homem é Divino e tem capacidade de realizar ações sublimes, de ser mensageiro e de governar com mandato soberano. Portanto, cada ser humano detém a hipótese de realizar tal missão.

Na verdade, os nascidos hoje serão soberanos amanhã, não importa berço ou oráculo, mesmo aqueles cujas condições são agora as mais difíceis, mesmo que hoje se abriguem no Centro de Acolhimento Temporário N.ª Sr.ª da Misericórdia, na Associação Protetora da Criança, na Aldeia de Crianças SOS, no Centro de Solidariedade - Tenda do Encontro, na Paróquia de Mafamude - a cargo de benévolos, ou ainda, tenham sido sinalizados em Vila Nova de Gaia pela Comissão (Norte e Sul) de Proteção de Crianças e Jovens em Perigo.

No Natal de 2014, a todos estes nascidos, meninos e meninas dos 0 aos 10 anos, cerca de uma centena de crianças institucionalizadas, CCD Gaia levou brinquedos repletos de Esperança, transportou a mensagem de Amor, para que um dia, com justiça, sabiamente, nos possam governar como Reis e Rainhas.

Adicionar comentário